8 de fevereiro de 2014



Boa trade amores, tudo bem?
A maratona literária de Ferias acabou dia 05 de fevereiro e eu vim contar pra vocês qual foi o resultado.

Fui convidada pela Isabela do blog Sigo Lendo. Entrei nessa dia 17 de janeiro, então eu tinha cerca de 18 dias para ler os livros que eu escolhi.
Há princípio tinha escolhido este 5 títulos:


A Bruxa de Portobello - Paulo Coelho - 293 página
O segredo de Eva - Adriana Vargas - 210 páginas
Destino Íntimo - Giseele Galindo - 258 páginas
Dança Comigo - Adriana Brazil - 30 páginas (o.O nem eu sabia que era tão curto vi agora)
Amor no Ninho - Maribell Azevedo - 324 páginas


Como sempre eu não segui à risca a lista acima e, infelizmente, também não cumpri a maratona em 100%.
Os livros que eu li foram:

Dança Comigo - Adriana Brazil - 30 páginas 
Amor no Ninho - Maribell Azevedo - 324 páginas
Amor Inteiro - (Amor no Ninho livro 02) - 394 páginas (Eu tinha de ler a continuação né gente!)

Foram um total de 748 páginas e apesar de eu não ter concluído em 100% e da minha media página /dia ter meio que se mantido a mesma fiquei mega feliz em participar.
Amei todos os 3 livros que li. Dois deles ja tem resenha no blog - ainda estou trabalhando na resenha de amor inteiro, logo estará por aqui também.
Gostei principalmente de ter escolhido livros que não estavam na lista de leitura :)
Quanto aos outros q deixei de ler, não desisti deles, apenas achei que não era a hora em outra oportunidade falarei sobre eles ;)

É isso ai até a próxima gente.
Comentem contando se participaram e o que acharm desse desafio ;)
bjks






2 de fevereiro de 2014



Mais ou menos no meio do mês de janeiro eu lancei um post com uma enquete aqui no blog e na página do blog no Facebook perguntando qual ou quais (no caso de o livro pertencer a uma série, os livros pertencentes a ela serão lidos na sequencia) livros deveria ler em fevereiro.

Nesta enquete haviam 17 opções e apenas 5 foram votadas.
Infelizmente foram só 5 votos kkkk, mas não tem problema, mesmo assim pude eliminar vários títulos.



Os mais votados foram os seguintes:

  1. Série Crossfire - Sylvia Day (Toda Sua, Profundamente Sua, Para Sempre Sua) - 1 - 20%
  2. O substituto - David Nicholls - 1 - 20%
  3. O livro do Amanha - Cecilia Ahern - 1 - 20%
  4. Dezessete Luas e Dezoito Luas - Kami Garcia, Margaret Stohl - 1 - 20%
  5. As Violetas de Março - Sarah Jo - 1 -20%

Recorri ao Random.org para resolver a questão e o resultado foi:


Portanto, os livros de fevereiro serão da Série Crossfire - Sylvia Day.
Deverei começá-los assim que terminar minha leitura atual.

Obrigada pelos votos galera, mas nao sei se farei desta forma futuramente. Da muto trabalho montar a enquete rss 



1 de fevereiro de 2014

Título: Amor no Ninho
Série Amor no Ninho - Livro I
Autora: Maribell Azevedo
ISBN: 788589526326
Páginas: 240
Edição: 1ª edição
Ano: 2012
Editora: Kalango - (li a edição Kindle)
Gênero: Literatura Nacional / Romances / Ficção
 Skoob / Blog da autora
Classificação: óóóóó©




Sinopse: 


E se você fosse escolhida, para ser irmã do amor de sua vida? Num mesmo ninho, podem nascer diferentes tipos de amor. Irmãos adotivos, Marina e Daniel se tornam grandes amigos. O tempo passa e à medida que eles crescem a semente do amor, enraizado em seus corações desde a infância, começa a germinar, desafiando assim as regras impostas por seus pais. Ao tentar viver esse amor, o futuro se revelará traiçoeiro e cheio de armadilhas. Eles estarão preparados, para enfrentar todos os desafios que o destino lhes apresentar? Daniel e Marina uma surpresa, o conflito, um segredo e a oportunidade de viver um “Amor no Ninho”.


Este livro estava aguardando na minha prateleira Kindle (sim! resolvi dar uma chance aos ebooks!) há um tempinho. Aproveitei o desafio para lê-lo mas sem esperar muito.
Qual foi o meu engano?
Essa história me pegou de jeito, - aliás, o segundo também. Mas isto é assunto para a próxima resenha.


Neste livro somos apresentados a Daniel e Marina e a Lance e Shanti
Daniel e Marina são os protagonistas mas, não tem como falar deles sem citar os melhores amigos deles respectivamente.
Marina é adotada pela família Harrison depois de passar um ano num orfanato devido à trágica morte de seus pais biológicos.
Mal sabe ela da grande peça que o destino e seu coração vão lhe pregar.
Lance e Shanti são, respectivamente, os melhores amigos de Daniel e Marina (a marina não vai muito com a cara do Lance hehee). Os dois são aquele tipo de amigo pra o que der e vier sabe e deram sem dúvida um toque especial ao livro.


Narrado ora do ponto de vista de Marina ora do ponto de vista de Daniel e as vezes até do ponto de vista do Lance ou da Shanti vemos, a amizade de Marina e Daniel se tornar amor. Um amor verdadeiro que está disposto a lutar com quem for preciso e a ir onde preciso for para lutar por este sentimento.

"Naquela tarde, tínhamos atravessado um portal, o portal que separava a infância da adolescência, um caminho sem retorno.
Agora, mais um componente poderoso tinha se unido de forma definitiva à química do meu amor, uma forte atração física. Naquele crepúsculo, morreu o meu amor de menina, e como a noite que surgia nasceu o meu amor de mulher."

Daniel é um fofo no estilo "O Ultimo dos apaixonados" e Marina, bem ela é uma garota super decidida que sabe o que quer e isso me chamou muito a atenção na personagem, porque geralmente a gente vê aquela menina bobinha que fica suspirando coraçõezinhos. Marina não é assim! Ela é apaixonada e muito pelo Daniel mas ela tem orgulho próprio e por ter esse amor próprio.

Os protagonistas demoram a admitir um para o outro seus sentimentos mas também, quando admitem não medem esforços para viver intensamente, metendo até os melhores amigos no meio para conseguir tal feito.
Aliás um viva para estes dois, acho que estou pra ver amizade mais leal que a deles.
Gente como eu chorei! Foram rios de lágrimas.... ora pelo sofrimento dos dois pela luta em faze o amor deles ser aceito pelos pais, ora pela declarações deste "ultimo apaixonado". Gente ele é quase um Dom Juan! rss Ora de raiva pelas besteiras que a Marina fazia, pois é, apesar de ser decidida Marina as vezes bota os pés pelas mãos como qualquer adolescente e isso me dava nos nervos.
Agora o que acabou com o meu emocional foi o final do livro.
Fala serio! Depois de tudo que passaram tinha que terminar desta forma??

"Olhar você todos esses anos era como ser um marinheiro em alto-mar que toda noite olha a lua no céu e se apaixona por ela. Eu podia vê -la, admirar sua beleza, mas de longe, e me conformava com a minha triste sina desse amor impossível, continuando a navegar solitário por aí. Mas eis que um milagre acontece, a lua cai do céu e fica bem à minha frente, ao alcance de minhas mãos, então finalmente começo a ser feliz.
Será que você pode suportar um amor assim? Ser minha lua para sempre?”

Bem vou parando por aqui se não vou acaba soltando spoiler.
Só digo q quando cheguei ao final a primeira coisa q fiz foi comprar "Amor Inteiro" para saber onde tudo acabaria...

Com uma escrita leve, personagens e historia muito bem construídos, Maribel soube explorar dois dos mais sublimes dos sentimentos: o amor e a amizade.Tornando os personagens quase que palpáveis ao leitor.
Impossível não rir, impossível, principalmente não se emocionar com este livro.

Quanto a capa e a edição, não posso falar do livro físico, mas no e-book não encontrei erros e a leitura fluiu lindamente e até de forma rápida acho que devorei pra saber o final heheeh
Acho a capa linda, singela e simples da mesma forma que naceu o amor de Marina e Daniel!



28 de janeiro de 2014



Título: Um gato de rua chamado Bob
Subtítulo: A História da Amizade Entre Um Homem e Seu Gato
Autor: James Bowen
ISBN: 9788581631523
Páginas: 240
Edição: 1ª edição
Ano: 2013
Editora: Novo Conceito
Gênero: Literatura Estrangeira / Biografias
Classificaçãoóóóóó©

Skoob / Comprar


Sinopse:


É uma tarde de outono em Covent Garden, Londres. Trabalhadores correm para o almoço, turistas brotam de todos os lados e clientes entram e saem das lojas. No meio de tudo isso está um gato. Usando um vistoso lenço Union Jack em volta do pescoço e cercado por uma multidão de 30 espectadores de boca aberta, Bob, o gatinho cor de laranja, sorri — é, sorri — timidamente. Próximo a ele, está seu dono James Bowen, com seu violão surrado, cantando músicas do Oasis. Então, ele para de tocar e se abaixa para Bob: “Vamos, Bob, cumprimente!”, diz. Bob mexe os bigodes, levanta uma pata e a estende para James. A multidão assobia. Não é todo dia que se vê um gato sentado, calmamente, no centro de Londres, aparentemente sem se abalar com o barulho das sirenes, os carros passando e todo aquele movimento — mas Bob não é um gato comum...



Ainda não sei bem o que senti ao terminar esta leitura. 
Não digo que seja uma historia realmente comovente - de se arrancar lágrimas, mas, apesar de ser um livro de leitura rápida o enredo contém certa carga emocional o que me fez realmente mergulhar de cabeça e até refletir.

“Houve momentos em que eu me perguntava se Bob e eu tínhamos algum entendimento telepático. Ele definitivamente podia ler minha mente às vezes, e pareceu estar fazendo isso naquele momento” Pág. 193

James é um ex morador de rua, viciado em recuperação, que ganha a vida cantando pelas ruas e acha que a vida não tem nada de bom a lhe oferecer... até encontrar Bob.
Os motivos que levaram James a esta vida são explicados no decorrer das páginas. Sejam eles banais ou não o fato é que a chegada de Bob na vida de James lhe da um novo motivo para viver.
A sintonia existente entre os dois é inegável, os dois se entendem de maneira surpreendente e o carinho e por que não dizer amor de um para com o outro também. 
Mas não é só a vida de James que é muda com a chegada deste simpático felino. Por onde passa Bob conquista a todos, fazendo outros vários amigos e mudando mesmo que indiretamente a vida de cada uma destas pessoas.

‘’Os gatos são notoriamente exigentes a respeito de quem eles gostam. Se um gato não gosta do dono, ele sai e encontra outro. Gatos fazem isso o tempo todo. Eles vão embora e passam a viver com outra família. Ver-me com um gato suavizou-me aos olhos das pessoas. Ele me humanizou. Especialmente depois de eu ter sido tão desumanizado. De certa forma, ele estava devolvendo a minha identidade. Eu tinha sido uma não pessoa; e estava me tornando uma pessoa novamente. Pág. 83

Não sou lá muito fã de gatos, contudo, acompanhar a transformação pessoal de James no decorrer das páginas motivado tão e simplesmente por ter a companhia de alguém ou neste caso mais especificamente, de um animal, de alguma forma, mexeu comigo e eu ainda estou absorvendo toda a história.

Falando da diagramação e da capa só posso mais uma vez elogiar a editora pois tudo esta perfeito. As folhas amareladas e com uma certa textura dão uma ótima sensação ao leitor e a capa... bem a capa é simplesmente linda!

17 de janeiro de 2014

Titulo: Dança Comigo
Autor(a): Adriana Brazil
Edição : 2014
Paginas: 32
Editora: Kindle
Gênero: Conto, Romance

Classificação: óóóó

Sinopse:

Helen e Andrew da série "Foi assim que te amei" estão de volta! Em "Dança Comigo?" eles viverão inesquecíveis momentos onde descobrirão o verdadeiro sentido da palavra eterno. Viva intensamente mais um pedacinho desse romance, um conto de Outono de Sonhos - um dos livros mais românticos do momento.



Não se dá pra se fazer resenha de conto, ou se isto pode ser considerado como uma, mas enfim......

Eu e minha mania de ir baixando as coisas pela capa! 
Foi só hoje quando fui montar o post do desafio de férias que percebi que Dança Comigo é um conto. Espero que conte para tal. 

Não tem muito o que falar, afinal foram 30 paginas somente (duas é a biografia da Adriana)
Mas de uma coisa eu tenho certeza: eu preciso mais do que nunca desta série!! eu já tinha vontade de ler agora fiquei mais doida ainda.
conhecer um pouco de Helen e Andrew e ver o amor que os dois sentem um pelo outro e o que são capazes de fazer por este amor - principalmente em se tratando de Andrew que já tem minha total e profunda admiração instigou minha curiosidade em sabe como é que eles chegaram a tal ponto da relação.
Pra não falar muito só digo que tudo se passa em uma viagem dos dois a Poços de Caldas.......

Eu também te quero muito Andy. E que seja você a última pessoa que eu veja ao partir deste mundo.